musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - OVELHA NEGRA - LETODIE - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Ovelha Negra letra


Diferente, indiferente, eu sigo calado
Só um soldado nessa guerra, andando em campo minado
Tenho varias historias, memorias.? Nmigos? nem tanto.
Batalhas e glorias colecionei pelos cantos

De onde andei, no meu corpo trago as marcas
Um lobo sempre traz as cicatrizes das caçadas
Estradas percorri, batalhas eu travei
Algumas eu venci, perdi, mas eu não parei

Então, em meio a escuridão eu sigo em frente
No meio da multidão, me destaco, sou diferente
Na contra mão irmão, não existe regra alguma
Seguir padrão! Não! não sigo porra nenhuma

Meu caminho eu mesmo traço, sem erro sem falha
Seguir regra é pra cabaço e nunca foi a minha praia
Eu confio em mim, não ha nada que eu não faça
Fazer sempre tudo certo acaba perdendo a graça

Passa e vaza, chegou minha vez,
Pra mostrar pra vocês minha legião eu fiz
Badass team, irmãos de ferro, só os putos
Se um de nos cair, nois tudo fica e luta junto

Lobos sem coleira, a matilha tá no ataque
Nem luto capoeira, mas já ouço os atabaque
Eu espalho a verdade, meu time tá comigo
Se é contra o que eu digo, considero inimigo

De liar não quero nada, não quero nem treta
Mas deixa eu ser sincero: Vai se unir com o capeta!
Papo de pela saco essa merda de união
Lobos e cordeiros nunca se entenderão!

Wanna be maromba, wanna be pupil
O meu saco já encheu, vá pra puta que pariu
Viu? É curtiu pavio, ah tio, larga essa
Na escada do sucesso to subindo e tenho pressa

Só que a inveja cola junto, mas vou mudar de assunto
Se começar a me irritar eu vou deixar defunto
Tenho uns adjuntos, mais que irmão de sangue
Old school maromba é o nome da minha gangue

Sem espaço pra derrota, nois tá atrás de nota
Pensamento sempre atento, sem moral pra idiota
Tracei a minha rota, só os parceiros na frota
Nem são aqui do sul mas já são faca na bota

Lindo dia pra brigar, você não acha?
Sinto que eu não sou daqui a cada dia passa
Da vontade de rir, só observo e acho graça
Quando eles falam que o que eu uso é trapaça

Aí, eu nunca quis ser aceito por vocês
Até, eu nem faço questão de seguir suas leis
Desse mundinho infame eu to paralelo
Quando mando se foder, pode crer, eu falo sério

O lugar aonde vivo vive em torno de mentira
E quem fala a verdade, vira alvo, tá na mira
O que importa é lealdade, eu falo sem dó
Doa a quem doer, the truth is like a whore

Eu ando do meio jeito, minha mente é meu guia
Se ninguém se importa, porque eu me importaria?
Nunca me dei ao respeito, e nem sei se deveria
Eu já sou um homem feito, não preciso de vadia

Não fecho com ninguém, não preciso de ninguém, não
Eu faço o que eu quero e não devo explicação
Faço os rap sem refrão, de beatmaker abro mão
O estilo é underground naipe rato de porão

Sigo assim, enfim, não fico em cima do muro
Ser neutro é o caralho, precisar eu troco murro
Essa é minha vida, eu sou linha de frente
Prazer, ovelha negra, de você sou diferente

LetoDie - Letras

©2003 - 2017 - musicas.mus.br