musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - EUTHANASIA - LETODIE - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Euthanasia letra


Sem tempo pra chorar, cheirar, me lamentar não da
Não posso ficar parado aqui
Vendo os trampos virar, o mundo evoluir
E eu na mesma merda sempre vendo meu mundo cair
O mesmo papo, o mesmo trapo
Nada muda e ao mesmo tempo que saco!
Cansado de ouvir que eu tenho talento que eu nasci pra isso, que isso é compromisso
Que sendo meu serviço ganhei tudo o que ele me deu nada!
Me fodeu, problema que não existia
Responsabilidade que eu nunca disse que queria
"imagem" me fizeram ter, não que eu sou, nem quis ser
E olha agora, quem que eu sou pra você?
Problema crônico, crônicas, poesia e vomito
Azia, cabeça vazia, eu sei é tão incômodo pra todos reclamar muito por tão pouco
Vocês vêem à grana e não vêem o sufoco, cômico
Um dia de cada vez e o tempo passa
Uma vez a cada dia o tempo embaça
Os minutos e as horas tão sem graça
Liberdade pra um preso é eutanásia
Ouço o tic-tac tão longe
Onde a felicidade se esconde
Tão longe, tão longe, tão longe ele se esconde
Armadilha armada, e eu não consigo ver
Vocês querem me matar? Eu nasci pronto pra morrer
Desmerecer o trampo é fácil quando a porta vem e abre mas me diz
Lá atrás vem foi homem pra pegar no mic?
Sai que eu tô falando sério irmão
Foda é se virar sozinho quando ninguém da mão
"perdido", carimbo na testa, o limbo me resta sem sentido, labirinto e aqui tudo me testa
E da brecha pra sensação de um potência que impõe situações que te quebram no meio e decompõem
Sua fé inteira, vida na ladeira, nada é igual
Só buscando uma maneira pra saber o que é real
Então, corpo marcado, traçado de tinta porque talvez dor seja a única coisa que eu sinta
Agulha na pele, a sensação me sugere um abrigo
I FEEL PAIN por um segundo tô vivo
Um dia de cada vez e o tempo passa
Uma vez a cada dia o tempo embaça
Os minutos e as horas tão sem graça
Liberdade pra um preso é eutanásia
Ouço o tic-tac tão longe
Onde a felicidade se esconde
Tão longe, tão longe, tão longe ele se esconde
Maldito o homem que confia no homem
Responde tanta verdade que essa frase esconde
Mesmo sem base eu não larguei desse front
Mas não é uma frase, isso vai acabar onde?
O escuro é ótimo pra quem já não gosta da luz
E eu tô neurótico nada aqui me seduz
Engatilho, reluz... Na minha tumba jaz minha alma
Eu não vou mais aguentar vocês me pedindo calma
Na noite passada me entupi de anfetamina
Afetou até minha mina, mas eu disse que aguentava
Não é suicídio, talvez "soulicidio"
Tipo homicídio pra quem já não sente nada
Ouve o tic-tac? É só um elemento
Mas eu me sinto leve como pluma ao vento
O coração não bate, os anjos se escondem
Você me pede pra que não, mas eu me encontro longe
Um dia de cada vez e o tempo passa
Uma vez a cada dia o tempo embaça
Os minutos e as horas tão sem graça
Liberdade pra um preso é eutanásia
Ouço o tic-tac tão longe
Onde a felicidade se esconde
Tão longe, tão longe, tão longe ele se esconde

LetoDie - Letras

©2003 - 2017 - musicas.mus.br